Sem realizar uma análise profunda, é difícil avaliar uma empresa. Afinal, o que você vai colocar na conta? Qual o faturamento da empresa ou quantas pessoas conhecem aquela marca? Mas o que poucos sabem é que existem critérios preestabelecidos para definir o valor de uma organização de uma maneira justa.

A tarefa não é uma conta simples como somar os ativos de um negócio e chegar ao valor patrimonial, por exemplo. Essa avaliação deve ser feita com base no que a empresa em questão pode valer no futuro, entre outros fatores.

Mas fique tranquilo! Nós vamos ajudar você a entender melhor essa matemática e tornar o seu negócio ainda mais atraente para futuros investimentos. Para isso, separamos algumas ações para colocar em prática de como valorizar uma empresa. Quer saber mais? Continue a leitura!

Como calcular o valor do seu negócio

Você pode especular ou comparar com concorrentes ou empresas em situação similar, porém, a não ser que você seja algum especialista no setor de finanças, definir de maneira correta o valor do seu negócio não é uma tarefa fácil, uma vez que os fatores que impactam na conta são múltiplos e, caso o cálculo não seja feito da maneira certa, o resultado final pode ser ilusório.

Existem três maneiras mais comuns de se avaliar um negócio, e todas elas exigem muita experiência com o assunto para que a avaliação seja certeira e compatível com a realidade. Para ilustrar melhor, separamos essas 3 formas de cálculo, mas, lembre-se: o ideal é contar com alguém especializado no assunto!

Fluxo de caixa descontado

Método mais utilizado para avaliar empresas, o fluxo de caixa descontado tem como objetivo analisar a capacidade da organização de gerar lucros a médio e longo prazo, numa perspectiva mínima de 5 anos. A fórmula exige diferentes variáveis, como o tamanho da carteira de clientes, a rede de distribuição e o detalhamento de como a gestão é feita dentro da empresa.

O fator mais importante para chegar ao valor final, porém, é a capacidade de gerar caixa, capacidade de CAPEX, capacidade de investimento em capital de giro, entre outros. Este consiste no lucro obtido pela organização antes de descontos como juros, impostos, amortização e depreciação. Dessa forma, chega-se ao potencial de crescimento de uma empresa e, quanto maior esse número, maior o valor do negócio.

Avaliação por múltiplos

A ideia dessa análise é comparar uma empresa a outros negócios que sejam semelhantes. Para garantir que o cálculo represente um valor mais real, o cenário ideal é comparar com organizações que atuem no mesmo setor, ofereçam o mesmo tipo de produto e tenham um mesmo perfil de cliente. Aplica-se um fator de referência (múltiplo) com base em empresas já avaliadas no mesmo segmento, levando em consideração s aspectos como lucro, receita e EBITDA.

Valor patrimonial

Já a avaliação pelo método do valor patrimonial consiste em um cálculo que tem como objetivo apresentar o cenário atual de determinada empresa, já que receitas futuras do negócio não são colocadas em jogo na hora de fazer a conta. Normalmente utilizado para liquidação de uma empresa, o método consiste em somar todos os ativos de um negócio e descontar os passivos e obrigações financeiras que a empresa possui. É a forma mais comum para ter um panorama de uma organização naquele momento.

Veja 4 maneiras de como valorizar uma empresa

Agora que você já sabe como calcular o valor de uma organização, vamos listar quatro maneiras importantes (e que possuem grande influência) na hora de valorizar uma empresa. Confira!

1. Organização das finanças

O primeiro passo é organizar as suas finanças: estruturar o que entra e sai mensalmente, montar um fluxo de caixa, despesas e receitas categorizadas, manter prazos sempre em dia — tanto de pagamento como de cobrança —, instituir auditorias fiscais regulares, entre outros. Enfim, ações básicas que devem ser tocadas pelo setor financeiro de qualquer companhia que busque se valorizar dentro do mercado.

2. Diversificação da carteira de clientes

Depender de poucas opções é sempre uma alternativa arriscada e, por isso, quando a carteira de clientes não é muito diversificada, a tendência é de queda para o valor da empresa. O cenário é ideal é conseguir uma variedade de fontes de renda para evitar grandes danos, como a perda de um ou outro cliente, por exemplo.

3. Qualidade da gestão

Para ganhar a confiança de investidores e mostrar para o mercado que a sua empresa possui, de fato, um grande valor, a gestão é fundamental. E esta não se resume apenas ao setor financeiro, mas também deve ser vista em outras áreas da empresa. Qual é a qualidade e produtividade do setor de logística da organização, por exemplo? Quando todas as áreas que compõem a estrutura do seu negócio são bem geridas, o valor da empresa aumenta.

4. Perspectivas do mercado de atuação

Uma das maneiras de entender como determinada empresa pode se destacar no futuro é analisar a perspectiva do mercado de atuação. A tendência é de crescimento para o segmento do seu negócio? Dessa maneira, as chances da sua companhia crescer são maiores e, portanto, ela possui um valor maior para o mercado.

5. Análise de seguro

Realizar uma análise de seguro pode ser outra maneira de valorizar a empresa, afinal, a seguradora pesquisa a fundo os riscos que envolvem o seu negócio e estipula um valor que seja proporcional aos riscos em potencial. Em poucas palavras, quando a sua empresa está organizada e se preocupa com a qualidade do ambiente de trabalho, a análise de seguro pode ser outra forma de valorizar o seu negócio.

Mostramos, nesse artigo, como calcular o valor de uma organização e como valorizar uma empresa caso você esteja pensando em uma venda futura, por exemplo. Primeiramente, abordamos os métodos mais comuns para um cálculo mais preciso do valor de uma organização, mas não deixamos de destacar que trata-se de um trabalho que exige muito cuidado para conseguir um resultado final preciso.

Além disso, abordamos também como ações simples podem garantir que o mercado enxergue na sua empresa uma melhor oportunidade de investimento. Ao tornar a sua organização mais saudável financeiramente, as chances de você conseguir crescer constantemente são muito maiores, afinal, quanto mais estruturada é uma empresa, mais atraente ela se torna para o mercado.

Agora que já mostramos algumas dicas de como valorizar uma empresa, que tal nos acompanhar no Facebook, LinkedIn e Instagram para se manter atento às tendências?